O Anjo Peludo

18 05 2008

“(…) E, um dia, na mais absoluta solidão – eu já não tinha mais vontade de me alimentar nem de chorar, e nem fé do altíssimo eu tinha mais – e nesse momento aproximou-se de mim um cão vadio. Esse animal era só Luz. Ele não tinha nenhuma treva, nenhuma escuridão. Ele era infinita Luz. E sentou-se ao meu lado sem nada pedir(…) senti vir dele a chama mais calorosa e permeada de amor que nenhuma mulher, nem amigo, e nem sequer o colo de minha mãe tinham me oferecido.(…) E assim eu me tornei quem eu sou: O Protetor dos Animais. Mas eu lhes digo: muitas vezes, muitas vezes mesmo, eu fui protegido por eles… e amado… muitas vezes mais do que protegi. (…)”
Obra Os Sete Mestres suas Origens e Criações.
Anúncios

Ações

Information

One response

18 05 2008
moriah

Muito bonito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: